Paralisia cerebral: saiba como prevenir e colaborar







O Grupo Esperança, de Betim-MG, está fazendo uma campanha para colaborar com Rafael Caroni e Rayssa Santos, crianças portadoras de paralisia cerebral, problema causado por uma lesão de parte do cérebro durante a gestação, durante o parto ou após o nascimento, ainda no processo de amadurecimento do cérebro da criança, muitas vezes pela falta de oxigenação das células cerebrais.

Como Prevenir


# Muitos casos de paralisia cerebral podem ser evitados através de campanhas educativas, visando os futuros pais e os profissionais que lidam com a gestante, a parturiente e o bebe.

# Exija que, na hora do parto, haja um pediatra (neo-natologista) para acompanhar o nascimento do bebê;

# Antes de pensar em ter filhos, o casal deve passar por exames médicos para detectar a possibilidade de problemas hereditários e a incompatibilidade sangüínea;

# Ao engravidar, a mulher deve ir periodicamente ao médico; procurar alimentar-se bem; evitar o álcool, o fumo e não tomar remédios sem consultar o médico;

# Vacinar o bebê e evitar qualquer situação de risco é essencial para uma saúde perfeita.As necessidades de Rafael e Rayssa são inúmeras, os interessados em colaborar podem visitar a página: http://br.geocities.com/grupo.esperanca/


Fonte: Grupo Esperança e Wikipedia